22 Março 2018
De que forma os negócios podem contribuir para a sustentabilidade da água e como a Tetra Pak está comprometida em fazer a sua parte
A sustentabilidade da água é uma das questões mais críticas que afetam a humanidade. A população mundial cresce. Nossas cidades se espalham. O comércio global e crescimento econômico continuam aumentando. Junto com esse progresso vem a realidade de que os recursos naturais do mundo estão em declínio, e no topo desta lista está a água.
 
Nós conversamos com Jason Pelz, vice-presidente de Meio Ambiente para as Américas da Tetra Pak, para discutir de que forma os negócios podem contribuir para a sustentabilidade da água e como a Tetra Pak está comprometida em fazer a sua parte.


 
O que você vê como o maior problema na sustentabilidade da água?
Em algumas partes dos Estados Unidos, quando ocorre uma seca, não podemos lavar nosso carro por duas semanas, mas, na África, muitos não têm água suficiente para beber. Esses problemas estão em diferentes extremos.
Com o abastecimento de água, há essencialmente duas situações: aqueles que têm e os que não têm. Para aqueles que têm água em abundância, o que fazer para não ficar sem? Como reverter a situação das áreas em que água já é uma questão crítica? O que fazer para que regiões com fornecimento em declínio assegurem-se de que não chegarão a um ponto crítico?
Não há uma solução única. Nós devemos identificar alternativas diferentes para regiões diferentes.
 
Por que a sustentabilidade da água é tão vital para as empresas?
Se ficarmos sem água, teremos um problema. Para a Tetra Pak, se não houver água, não há árvores... e não há embalagem da Tetra Pak. Mesmo com a reciclagem, você precisa de água. Eu não consigo imaginar uma empresa que não é afetada pela escassez da água. Temos de levar a escassez a sério porque a água é um recurso que, se não houver o suficiente, levará a humanidade a uma mudança de vida drástica.
 
Como a água impacta a indústria alimentícia?
A indústria alimentícia faz uso intensivo de água. Você precisa de água para colheitas, para formular produtos, limpar os equipamentos de produção, para a segurança e sanitização das fábricas. Mesmo para transportar produtos, nós teríamos dificuldades sem água. Como você faria para resfriar um motor? Há muitas áreas em que as pessoas nem imaginam que há uso de água.
 
Você acha que a indústria alimentícia faz o suficiente para favorecer a sustentabilidade da água?
Muitas pessoas e empresas têm se esforçado. Mas ainda há muito trabalho a ser feito. Há empresas que perceberam há muito tempo que a água impacta no crescimento futuro e, por isso, têm uma forte agenda sobre esse tema. Há companhias cada vez mais conscientes e envolvidas em esforços de sustentabilidade da água. Entretanto, ainda há empresas na indústria que não têm ainda uma agenda de sustentabilidade que apoie a preservação desse recurso natural. Talvez elas ainda não tenham percebido claramente qual o impacto.
 
Como a Tetra Pak contribui para sustentabilidade da água?
O mantra da Tetra Pak é encontrar oportunidades para reduzir o consumo de água em nossas operações e em todo o ciclo de vida de nossas embalagens. Priorizamos a compra de materiais de fontes geridas sustentavelmente, tais como florestas certificadas pelo Forest Stewardship Council, que mantém certos requisitos de eficiência de água com a irrigação de árvores. Somos muito seletivos em relação aos nossos parceiros e escolhemos organizações com foco em meio ambiente, como a Aluminum Steweardship Initiative e a Bonsucro.

Também compramos nossas matérias-primas de fábricas de papel que têm compromisso com a sustentabilidade e que causem o menor impacto possível ao meio ambiente.

Todas as fábricas da Tetra Pak cumprem com as normas ISO 14001 (as normas ISO para excelência ambiental) e aplicam metas para descarte, energia e consumo de água.

Além disso, nossas operações utilizam a metodologia World Class Manufacturing para a melhoria contínua e a excelência ambiental. Nós oferecemos alguns dos equipamentos de processamento e embalagem mais avançados tecnicamente em eficiência hídrica e energética para nossos clientes. Por exemplo, uma nova tecnologia de filtragem permite recuperar 90% da água residual previamente perdida nas plantas de processamento lácteo – com potencial de economizar mais de 1,6 milhão de galões de água e 820 mil galões de leite a cada ano. Unidades com capacidade de recuperar água para homogeneizadoras e máquinas de envase reduziram o consumo de água para 30% e 95%, respectivamente. E uma nova tecnologia para produção de leite UHT reduz o consumo de água para 60% comparada à produção tradicional de UHT. Podemos também apoiar nossos clientes com serviços de consultoria que fornecem um benchmarking ambiental e sugestões de aprimoramento.

Ajudamos nossos clientes a encontrar o roteiro para se tornar eficiente em água e energia. Nossa experiência culminou em um banco de dados de melhores práticas que podemos compartilhar e replicar com clientes.
 
O que as empresas podem fazer melhor?
O que funciona agora é bom por enquanto – mas pode não ser bom o suficiente para o futuro. As empresas precisam de uma agenda de preservação da água que tenha a capacidade de evoluir.
Abordar o problema de sustentabilidade da água é reconhecer que, quanto mais nós aprendemos, mais há o que podemos fazer. Como a oportunidade e a tecnologia evoluem, a sustentabilidade de água é verdadeiramente uma situação fluida.
 
<< Voltar