29 setembro 2020

Mudanças que levariam anos para acontecer, agora fazem parte do nosso dia a dia e foram implementadas em poucos meses. Não sabemos se elas se manterão, mas, com certeza, sabemos que nos levarão a um futuro bem diferente do esperado antes da pandemia ocorrer
*Por Edison Kubo

Na vida pessoal, a digitalização está incorporada em nosso dia a dia e confiamos muito mais nos aplicativos instalados em nossos celulares do que em nós mesmos. Não fazemos mais uma viagem de carro sem um aplicativo de navegação; escutamos músicas confiando em uma playlist criada por um algoritmo; assistimos filmes, agora em nossas casas, considerando as sugestões da plataforma; compramos tênis influenciados por recomendações de um site e assim por diante. 

Porém, quem diria que a digitalização chegaria tão rapidamente ao contrato? Este documento revisado exaustivamente por nossos departamentos legais e por todas as partes envolvidas, com todas as páginas rubricadas, registrado em cartório e assinado em duas vias e que é um processo longo e demorado, agora é eletrônico e com uma simples assinatura digital. Podemos assinar contratos em poucos minutos, e tudo isto com um altíssimo nível de segurança e custos extremamente baixos. Este é um exemplo de como a pandemia e o distanciamento social mudaram um processo burocrático e que sempre foi uma grande dor de cabeça para todos, inclusive com contratos extraviados no meio do caminho. 

Mudanças que levariam anos para acontecer, agora fazem parte do nosso dia a dia e foram implementadas em poucos meses. Não sabemos se elas se manterão, mas, com certeza, sabemos que nos levarão a um futuro bem diferente do esperado antes da pandemia ocorrer. E onde mais a digitalização vem acelerando e mudando as rotinas das empresas?

Uma área que sabemos que será diferente será a forma como as pessoas se desenvolvem profissionalmente. O ensino à distância, que nem sempre foi visto com bons olhos, tornou-se uma necessidade. No mundo empresarial cada vez mais avançamos com os Blended Learnings. No caso da Tetra Pak, por exemplo, são treinamentos para as áreas de manutenção e operação de indústrias clientes que podem ser feitos por meio de uma plataforma digital combinada com o conhecimento dos instrutores técnicos. E cada pessoa tem o resultado individual do seu aprendizado. Se ainda assim restarem dúvidas, sessões virtuais podem ser agendadas, em uma solução que chamamos Ask the Expert. Talvez a famosa frase “a necessidade é a mãe da invenção” faça bastante sentido nestes novos tempos.

Você pode estar se perguntando o que mais está mudando de forma significativa? A aceleração da digitalização é uma resposta a um mundo que reduziu drasticamente o contato entre as pessoas, mas como dependemos fortemente do conhecimento e experiência delas para resolvermos os problemas, necessitamos das ferramentas digitais. Neste caso, soluções que existem há anos, como o Suporte Remoto, passam a ser parte da realidade das empresas. Se antes era difícil criar uma rede de especialistas ao redor do globo suportando operações dos clientes 24 horas, 7 dias por semana, hoje isto se tornou completamente normal. Por aqui, por exemplo, somente durante este período de seis meses, mais de 2.400 casos foram resolvidos remotamente nas Américas sem a presença de um técnico fisicamente nas plantas de produção.

Essas e outras inovações permitidas pela digitalização podem ser vistas no white paper sobre o assunto lançado recentemente. Em atividades essenciais como a produção de alimentos e bebidas, o suporte das novas tecnologias representa um enorme divisor de águas.

Outro tema importante no mundo empresarial é a presença. Todos nós sabemos da importância de se manter presente para que os clientes não se esqueçam de nós. E como se manter presente e relevante em tempos de pandemia? Bem, depois de tudo que está dito acima, vocês já sabem a resposta: digitalização. E diversas ferramentas digitais estão aí para que o contato e a presença entre os elos da cadeia sejam mantidos, mesmo no meio de uma crise sem precedentes na história da humanidade.

Atualmente, praticamente todos já participaram de algum webinar ou foram convidados para um. Existem também seminários, eventos e workshops virtuais. Mas é fundamental ressaltar que tudo isso somente faz sentido se de fato gerar valor e agregar resultados para os participantes, portanto, a customização dos eventos virtuais é fundamental. Pelo menos para mim, eventos que dificilmente poderia participar por serem fora da minha cidade ou estado, agora posso atender, inclusive em outras áreas que não necessariamente a que atuo hoje, expandindo o meu campo de conhecimento.

Não tenho aqui a pretensão de esgotar o tema. O objetivo é mostrar com exemplos práticos do nosso cotidiano como as transformações digitais estão acontecendo ao nosso redor, que gradualmente e sem percebemos, farão parte da nossa realidade. E sobre os contratos, ainda tenho que ir ao escritório para assinar uma parte deles, pois nem todos estão no mundo digital ainda. Esta é uma das poucas tarefas que preciso me deslocar à empresa, mas tenho certeza que está com os dias contados.

*Edison Kubo é diretor de portfólio de Serviços da Tetra Pak para as Américas. Formado em Administração e com pós-graduação em Marketing e MBA Executivo Internacional, o executivo é responsável por direcionar a estratégia de negócios da companhia para a região, com foco na oferta de soluções que levem mais eficiência e produtividade para fabricantes de alimentos e bebidas
 
<< Voltar